Embaixada de Portugal
Estudos em Portugal sem bolsa

I. Regime Normal

Qualquer aluno estrangeiro pode candidatar-se à frequência de estabelecimento de ensino superior público, particular e cooperativo em Portugal, desde que reúna as condições de candidatura que são exigidas aos candidatos portugueses.

A frequência de estabelecimento de ensino em Portugal ao abrigo deste regime, não beneficia de qualquer apoio financeiro (bolsa).

Os exames nacionais portugueses, correspondentes às provas de ingresso fixadas para a candidatura ao ensino superior, são anualmente realizados na Escola Portuguesa de Moçambique – Centro de Ensino e Língua Portuguesa.

São condições gerais de apresentação ao concurso:

a) Ser titular de um curso do ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente;

b) Fazer prova de capacidade para a frequência do ensino superior (a realização da avaliação da capacidade para a frequência do ensino superior é feita através de provas de ingresso, as quais se concretizam através dos exames nacionais do ensino secundário correspondentes).

Emigrantes portugueses e seus familiares com eles residentes

  • Está previsto um contingente especial de vagas, para candidatos emigrantes portugueses e seus familiares com eles residentes, que apresentem a candidatura na 1.ª fase do concurso nacional.
  • Para beneficiarem deste contingente, os referidos estudantes devem satisfazer as condições de candidatura a par do estabelecimento/curso pretendido.

Contactos

Escola Portuguesa de Moçambique – Centro de Ensino e Língua Portuguesa
Av. do Palmar, n.º 562
Caixa Postal 2940
Maputo
Tel.: 00 258 21 48 13 00
Tlm:00 258 82 30 53 012
Fax: 00 258 21 48 13 43
www.edu-port.ac.mz
Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

II. Regime Especial

O Regime Especial foi criado ao abrigo do Acordo de Cooperação assinado entre Portugal e Moçambique, em Março de 2004, e consiste na colocação anual de 63 cidadãos moçambicanos no ensino superior público português.

Para concorrer é necessário ter o ensino secundário concluído (12º ano em Moçambique ou em Portugal). Se o candidato frequentou o ensino secundário em Moçambique tem de obter o reconhecimento do certificado de habilitações nos Consulados Gerais de Portugal em Moçambique.

As candidaturas podem ser apresentadas no Instituto de Bolsas de Estudo, do Ministério da Educação de Moçambique, ou na Embaixada de Moçambique em Portugal, nas duas primeiras semanas de Agosto.

Findo o período de recolha das candidaturas, as mesmas são remetidas para a Direcção Geral do Ensino Superior, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal e os resultados divulgados no decurso do mês de Setembro, por norma.

Os resultados são afixados na Embaixada de Moçambique em Portugal e nos Consulados Gerais de Portugal em Moçambique, para efeitos de concessão de vistos de estudo.

Contactos

Instituto de Bolsas de Estudo
Av. Mártires da Machava, nº 231, Maputo
Tel. : 00258 21 48 88 25

Embaixada de Moçambique em Portugal
Avenida Berna 7
1050-036 LISBOA
Tel. (+351) 217 800 378
www.mozambique.mz
Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar
Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar